menu
  • Geral
  • 31ª Bienal
19 Setembro 2014
DIREITO à cidade, parte I - Megaprojetos, cidade neoliberal e moradia: impacto e resistências

Simpósio co-organizado por Raquel Rolnik e Zeyno Pekünlü. A primeira parte, em 27 e 28 de setembro, discute a cidade neoliberal, a política de moradia, os megaprojetos urbanos e os movimentos sociais de resistência. Reúne artistas, ativistas e acadêmicos da Turquia e de diversas cidades do Brasil.
Participantes: Arnaldo de MeloCarlos VainerCristina GouveiaEvaniza RodriguesFırat GençGuilherme Boulosİmre AzemRenato CosentinoSimone GattiVenefrida Lemos e Yaşar Adanalı.
DIREITO à cidade, parte II
acontece na segunda metade de novembro.

27 de setembro
11h30 - 13h30 – Megaprojetos, impacto e resistências, por Carlos Vainer e Yaşar Adanalı
15h - 18h – Painel de discussão e apresentação de estudo de casos, com Renato Cosentino (Comitê Popular da Copa RJ), Cristina Gouveia e Venefrida Lemos (Ocupe Estelita), Parque Augusta e Zeyno Pekünlü (Gezi Park)
18h30 - 20h30 – Projeção do filme Ecumenapolis: cidade sem limites, seguida de uma conversa com o diretor İmre Azem

28 de setembro
14h - 15h – Financeirização da moradia: a vida como uma mercadoria fictícia, por Raquel Rolnik
15h - 17h – Painel de discussão e apresentação de estudo de casos, com Fırat Genç (TOKI), Simone Gatti e Arnaldo de Melo (Nova Luz), Guilherme Boulos (MTST), Evaniza Rodrigues (UMM)

imagem: still de  Ecumenapolis: cidade sem limites, de İmre Azem
______________

Referências

Baixe o PDF do livro "Cidade Luz - uma investigação-ação no centro da cidade", realizado pelo grupo PI - Política do Impossível: 31bienal.org.br/downloads/cidadeluz.pdf

 

33ª Bienal de São Paulo
31 Outubro 2017
33ª Bienal de São Paulo
31 Outubro 2017
33ª Bienal de São Paulo
09 Junho 2017
32ª Bienal de São Paulo
21 Fevereiro 2017
32ª Bienal de São Paulo
02 Fevereiro 2017
32ª Bienal de São Paulo
26 Dezembro 2016