menu
  • Geral
  • 31ª Bienal
27 Abril 2015
Ribeirão Preto recebe itinerância e encontro para professores
Projetos selecionados da 31ª Bienal estão na FAAP Ribeirão Preto até 20 de junho. Em 19 de maio, Bienal realiza encontro para professores e educadores sociais no local.

Michael Kessus Gedalyovich é um dos participantes da mostra em Ribeirão Preto. ©Pedro Ivo Trasferetti / Fundação Bienal de São Paulo

Após passar por itinerância no campus da Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) em São José dos Campos, o mesmo recorte da 31ª Bienal chega à unidade da FAAP de Ribeirão Preto. Três projetos concebidos para a exposição “Como (...) coisas que não existem" estarão em exposição na cidade, no período de 27 de abril a 20 de junho.

Como uma extensão da parceria firmada entre a Fundação Bienal de São Paulo e a Fundação Armando Alvares Penteado - que permitiu a residência artística de 13 participantes da 31ª Bienal na cidade de São Paulo - as mostras nos campi da FAAP procuram recriar a experiência que se desenvolveu no Pavilhão da Bienal. De acordo com o curador Pablo Lafuente, há uma ligação bastante aparente entre os trabalhos dos artistas apresentados. “Os tapetes de Teresa Lanceta propõem um reconhecimento do saber de comunidades do norte da África e relacionam-se diretamente aos registros da viagem de Romy Pocztaruk pela Transamazônica. A urgência de uma nova relação com o mundo derivada de suas jornadas encontram eco nos amuletos de Gedalyovich, coletados durante a viagem que realizou desde as Colinas do Paraíso, em Israel, à Amazônia brasileira”.

Encontros para Professores

Promovido pelo Educativo Bienal, os Encontros são um espaço para discutir e refletir sobre vida e arte contemporânea a partir das obras, artistas e conceitos da mostra, em diálogo com a experiência dos participantes. Ações Poéticas são parte integrante dessas conversas e possibilitam aos presentes uma elaboração do conteúdo abordado através da ativação dos sentidos.

O Encontro para Professores na cidade de Ribeirão Preto será realizado no dia 19 de maio de 2015 e acompanha a exposição 31ª Bienal de São Paulo - Obras Selecionadas.


Encontro para Professores pretende debater a ideia de jornada. ©Sofia Colucci/ Fundação Bienal de São Paulo


Como falar de coisas que não existem?
19.05 (terça-feira) | 19h às 22h
proposto por Elaine Fontana

Partindo da mostra em cartaz na FAAP Ribeirão Preto, com obras de Teresa Lanceta, Romy Pocztaruk e Michael Kessus Gedalyovich, o encontro pretende debater a ideia de jornada tanto como proposta curatorial quanto como trajetória empreendida pelo público.  Discutiremos a presença de diferentes processos de deslocamento na produção contemporânea a partir da reflexão sobre os caminhos traçados por estes artistas.

Local: FAAP Ribeirão Preto
Av. Independência, 3670 - Jd. Flórida - Ribeirão Preto/SP
Telefone: (16) 3913-6314
Evento gratuito

CLIQUE AQUI PARA SE INSCREVER!
Caso não consiga abrir o link, cole o seguinte endereço no seu browser: http://goo.gl/forms/SmlvvlfWbn

 O material educativo da 31ª Bienal está disponível para download no site.

33ª Bienal de São Paulo
31 Outubro 2017
33ª Bienal de São Paulo
31 Outubro 2017
33ª Bienal de São Paulo
09 Junho 2017
32ª Bienal de São Paulo
21 Fevereiro 2017
32ª Bienal de São Paulo
02 Fevereiro 2017
32ª Bienal de São Paulo
26 Dezembro 2016