menu
  • 15ª Bienal de Arquitetura de Veneza
29 Março 2016
Mostra 'Juntos' representa o Brasil na Bienal de Veneza 2016
Parque do Vidigal / Divulgação
Parque do Vidigal / Divulgação
Projeto do curador escolhido pela Fundação Bienal de São Paulo, Washington Fajardo, em resposta à proposição de Alejandro Aravena 'Reporting from the front' busca evidenciar histórias de pessoas que lutam e alcançam mudanças, realizando conquistas em arquitetura

Em resposta à proposição de Alejandro Aravena, diretor da 15ª Bienal Internacional de Arquitetura de Veneza – Reporting from the front, o curador escolhido pela Fundação Bienal de São Paulo Washington Fajardo apresentará a mostra Juntos. O projeto para o Pavilhão do Brasil busca evidenciar histórias de pessoas que lutam e alcançam mudanças em meio à passividade institucional das grandes cidades do País, realizando conquistas em arquitetura que, embora ocorram em processos lentos, são soluções possíveis face ao esfacelamento político do planejamento do território. De acordo com o curador, “a mostra é uma composição dessas trajetórias e parcerias, do processo do encontro do ativista, do lutador, com o arquiteto e com a arquitetura, tornando-se irmanados pela elaboração do novo espaço”.

Segundo Luis Terepins, presidente da Fundação Bienal de São Paulo, o projeto da participação brasileira desenhado por Fajardo vai ao encontro do tema geral do evento, bem como dos objetivos da Fundação. “Ao estabelecer o diálogo entre a arquitetura brasileira e as discussões contemporâneas de cunho internacional, a Bienal está em acordo com sua missão central de difusão da cultura do país em contexto global”, afirma Terepins.

Cultura negra, população negra, centralidades históricas, acesso à cultura através da arquitetura, de conteúdos de design, são os relatos do pavilhão brasileiro, na busca pelo entendimento do que seria estarmos "juntos", conforme destaca, ainda, Fajardo. A exposição reúne processos e seus estágios de desenvolvimento, que podem estar concluídos, em projeto, por fazer ou inacabados. São processos que falam de arquitetura, urbanismo, patrimônio cultural, publicações, ativismo e tecnologia social. Por isso vídeos, fotos, cartas, artigos, poesias, textos, fatos, desenhos e dados também fazem parte da mostra, “compondo um memorial para estas vidas imbricadas na melhoria do ambiente construído, nas suas comunidades, no resgate de um modo de ser e saber”. Para realizar Juntos, o curador brasileiro selecionou os projetos abaixo. Seus respectivos autores e envolvidos também estão indicados.


Parque de Madureira, Ruy Rezende, Rio de Janeiro / Divulgação
“A mostra é uma composição dessas trajetórias e parcerias, do processo do encontro do ativista, do lutador, com o arquiteto e com a arquitetura, tornando-se irmanados pela elaboração do novo espaço”

Vila Flores (Porto Alegre, 2012)
Autores arquitetônicos: Goma Oficina
Autores culturais-institucionais: Associação Cultural Vila Flores

Selo de Qualidade Urbana Fundação Vale (2013)
Autor arquitetônicos: Nanda Eskes (Instituto Casa - Convergências de Arte Sociedade e Arquitetura)
Autores culturais-institucionais: Andreia Rabetim e Rosane Biasotto (Fundação Vale)
Instituições parceiras: Secretaria Nacional de Habitação/Ministério das Cidades, Caixa Econômica Federal, Fundação Bento Rubião, ETH Zurich, Unesco.

Parque + Instituto Sitie (Rio de Janeiro, 2005)
Autores arquitetônicos: Pedro Henrique de Cristo e Caroline Shannon de Cristo (+D Studio)
Autores culturais-institucionais: Mauro Quintanilha, Paulo César de Almeida e a Comunidade do Vidigal

Parque de Madureira (Rio de Janeiro, 2012 - 2016)
Autor arquitetônico: Ruy Rezende
Autores culturais-institucionais: Mauro Bonelli e Tia Surica

Circuito da Herança Africana (Rio de Janeiro, 2014)
Autores arquitetônicos: Sara Zewde, Instituto Rio Patrimônio da Humanidade
Autores culturais-institucionais: Merced Guimarães, IPN, Damião Braga, Quilombo da Pedra do Sal, Pequena África, Tia Ciata, Giovanni Harvey, Grupo de Trabalho Curatorial do Projeto Urbanístico, Arquitetônico e Museológico do Circuito

Casa do Jongo (Rio de Janeiro, 2010-2015)
Autores arquitetônicos: Pedro Évora e Pedro Rivera (Rua Arquitetos)
Autores culturais-institucionais: Dyonne Boy e Tia Maria (Ong Jongo da Serrinha)

Circo Crescer e Viver (Rio de Janeiro, 2014)
Autores arquitetônicos: Rodrigo Azevedo (AAA_Azevedo Agência de Arquitetura) e Maxime Baron
Autores culturais-institucionais: Junior Perim e Vinicius Daumas

Escola Vidigal (Rio de Janeiro, 2013-2015)
Autores arquitetônicos: Brenda Bello e Basil Walter (BWArchitects)
Autor cultural-institucional: Vik Muniz

Escola Novo Mangue (Recife, 2000)
Autores arquitetônicos: Bruno Lima, Francisco Rocha, Lula Marcondes (O Norte -Oficina de Criação)
Autores culturais-institucionais: Comunidade do Coque Instituições parceiras: Unicef e ONG Umbu-Ganzá

Casa da Vila Matilde (São Paulo, 2011-2015)
Autores arquitetônicos: Danilo Terra, Pedro Tuma, Fernanda Sakano (Terra e Tuma Arquitetos Associados)
Autores culturais-institucionais: Dona Dalva Borges Ramos

Placas de Rua da Maré (Rio de Janeiro, 2012-2016)
Autores arquitetônicos: Laura Taves (Azulejaria)
Autores culturais-institucionais: ONG Redes de Desenvolvimento da Maré

Ciclo Rotas do Centro (Rio de Janeiro, 2012-2015)
Autores arquitetônicos: Clarisse Linke (Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento - ITDP Brasil), Zé Lobo (Transporte Ativo), Pedro Rivera (Studio-X)
Autores culturais: Ciclistas

Programa Vivenda (São Paulo, 2013)
Autores arquitetônicos: Fernando Amiky Assad, Igiano Lima de Souza, Marcelo Zarzuela Coelho
Autores culturais-institucionais: Comunidade Jardim Ibirapuera

Complexo Jardim Edite (São Paulo, 2008-2013)
Autores arquitetônicos: Fernando de Mello Franco, Marta Moreira e Milton Braga (MMBB), Eduardo Ferroni e Pablo Hereñú (H+F)
Autores culturais-institucionais: Miguel Luiz Bucalem (Secretário Municipal do Desenvolvimento Urbano), Elton Santa Fé Zacarias (Secretário de Habitação, 2009-2010), Ricardo Pereira Leite (Secretário de Habitação, 2010-2012), Elisabete França (Superintendente e Secretária Adjunta), Luiz Fernando Fachini (Coordenador de projetos)

Revista Piseagrama (Belo Horizonte, 2011)
Autores arquitetônicos: Fernanda Regaldo, Renata Marquez, Roberto Andrés e Wellington Cançado (editores); Felipe Carnevalli e Vitor Lagoeiro (editores assistentes)
Autores culturais-institucionais: Leitores


Complexo Jardim Edite, Fernando de Mello Franco, Marta Moreira e Milton Braga (MMBB); Eduardo Ferroni e Pablo Hereñú (H+F), São Paulo / Divulgação

Sobre a 15. Mostra Internazionale di Architettura – La Biennale di Venezia
Com o tema Reporting from the front, o diretor da 15ª edição do grande evento, o arquiteto chileno Alejandro Aravena, prevê trabalhos que contribuam para o bem comum e melhoria de vida das pessoas. Conhecido por seus projetos de habitação social e intervenções em zonas de desastre ambiental, Aravena declarou que “há inúmeras batalhas que precisam ser vencidas e diversas fronteiras que precisam ser expandidas, com o objetivo de melhorar a qualidade do ambiente construído e consequentemente a qualidade de vida das pessoas”.

Sobre a participação brasileira
A Mostra Internazionale di Architettura – La Biennale di Venezia oferece, a cada dois anos, uma grande exposição coletiva e dezenas de pavilhões nacionais. A organização da participação oficial brasileira no evento é realizada por meio da colaboração entre o Ministério das Relações Exteriores, mantenedor do pavilhão brasileiro, o Ministério da Cultura, através de aporte de recursos da Funarte, e a Fundação Bienal de São Paulo, responsável pela produção da mostra.

Participação do Brasil na 15. Mostra Internazionale di Architettura – La Biennale di Venezia
Comissário: Luis Terepins, Presidente da Fundação Bienal de São Paulo
Curador: Washington Fajardo
Local: Pavilhão do Brasil Endereço: Giardini Castello, Padiglione Brasile, 30122 Veneza, Itália
Bienal: de 28 de maio a 27 de novembro de 2016
Diretor da 15ª Bienal Internacional de Arquitetura de Veneza: Alejandro Aravena

Saiba mais sobre o curador Washington Fajardo

33ª Bienal de São Paulo
31 Outubro 2017
33ª Bienal de São Paulo
31 Outubro 2017
33ª Bienal de São Paulo
09 Junho 2017
32ª Bienal de São Paulo
21 Fevereiro 2017
32ª Bienal de São Paulo
02 Fevereiro 2017
32ª Bienal de São Paulo
26 Dezembro 2016
32ª Bienal de São Paulo
20 Dezembro 2016
32ª Bienal de São Paulo
12 Dezembro 2016