menu
  • Arquivo
  • 30ª Bienal
14 Novembro 2012
Dossiê Franz Erhard Walther
Um olhar sobre a obra de Franz Erhard Walther, artista que ocupa o grande vão do Pavilhão da Bienal na 30ª Bienal
30BSP_120917LE_420.jpg
1. Werksatz (1963-69) de Franz Erhard Walther na 30ª Bienal ©Leo Eloy

O grande vão do Pavilhão da Bienal é ocupado pela obra do artista Franz Erhard Walther na 30ª Bienal. Walther faz parte da geração de artistas dos anos 60 que desafiou a noção de autoria e promoveu a interação entre espectador e obra. Para o artista alemão, atos simples como caminhar, deitar, dobrar, inclinar, constituíam a base de seu trabalho minimalista, que só se completa com a participação do público.

few003.jpg
1.Werksatz 1963-1969* de Franz Erhard Walther no catálogo Franz Erhard Walther - Arbeiten 1969-1976, publicado na 14ª Bienal (1977)

Walther participou da 14ª Bienal em 1977, a primeira Bienal sem Ciccillo Matarazzo, que faleceu em maio daquele ano. Foi um momento de reestruturação da Fundação e da criação do Conselho de Arte e Cultura da Bienal, que organizou a mostra em torno de três grandes categorias – Proposições contemporâneas, Exposições antológicas e Grandes confrontos – o que representou uma grande mudança na estrutura da mostra que há 26 anos seguia a mesma fórmula, e também o prenúncio de um modo de organização que veio a se consolidar quatro anos mais tarde com o curador Walter Zanini, na 16ª Bienal (1981).

few004.jpg
1.Werksatz 1963-1969* de Franz Erhard Walther no catálogo Franz Erhard Walther - Arbeiten 1969-1976, publicado na 14ª Bienal (1977)

A obra de Franz Erhard Walther integrava o primeiro núcleo, Proposições contemporâneas, dentro da subdivisão "Arte não catalogada", definida assim no catálogo desta Bienal: "Experiências e propostas ainda não codificadas pela linguagem crítica, que possam gerar novas indagações no comportamento estético". Na mesma categoria estavam Hélio Oiticica e também o Grupo de Los Trece – CAYC (Argentina), que ganhou o prêmio Itamaraty. Walther, assim como seus conterrâneos Bernd e Hilla Becher, recebeu uma citação especial. 

few005.jpg
1.Werksatz 1963-1969* de Franz Erhard Walther no catálogo Franz Erhard Walther - Arbeiten 1969-1976, publicado na 14ª Bienal (1977)

No dossiê do artista do Arquivo Bienal há sua ficha de inscrição com foto e um catálogo de sua obra publicado na 14ª Bienal (1977):


Ficha de inscrição de Walther na 14ª Bienal (1977)
WALTHER001.jpg
Capa do catálogo de Walther publicado na 14ª Bienal (1977)
30BSP_120917LE_425.jpg
30BSP_120917LE_426.jpg
30BSP_120917LE_427.jpg
Visitantes da 30ª Bienal na obra 1. Werksatz (1963-69) de Walther ©Leo Eloy
33ª Bienal de São Paulo
31 Outubro 2017
33ª Bienal de São Paulo
31 Outubro 2017
33ª Bienal de São Paulo
09 Junho 2017
32ª Bienal de São Paulo
21 Fevereiro 2017
32ª Bienal de São Paulo
02 Fevereiro 2017
32ª Bienal de São Paulo
26 Dezembro 2016
32ª Bienal de São Paulo
20 Dezembro 2016
32ª Bienal de São Paulo
12 Dezembro 2016