menu
busca
10 Abr 2013
Ângulos da Bienal da Antropofagia
Imagens do fotógrafo Gal Oppido revelam panoramas e detalhes da 24ª Bienal (1998)

A 24ª Bienal de São Paulo (1998), também conhecida como a "Bienal da Antropofagia", é uma das Bienais mais procuradas por pesquisadores. Tida como uma das mais importantes mostras de arte dos anos 1990 e curada por Paulo Herkenhoff, a exposição "tornou-se uma referência internacional no âmbito curatorial". As lentes do fotógrafo Gal Oppido revelam panoramas e detalhes da edição:

24BSP_ALBUM_00006.jpg
Vista geral do vão central da 24ª Bienal (1998) ©Gal Oppido
24BSP_ALBUM_00030.jpg
Obras de Albert Eckhout no Núcleo Histórico da 24ª Bienal (1998) ©Gal Oppido
24BSP_ALBUM_00018.jpg
Ear to ear [De ouvido a ouvido] (1995) de Judy Pfaff na 24ª Bienal (1998) ©Gal Oppido
24BSP_ALBUM_00031.jpg
Antropologia da face gloriosa - A grande muralha (1973 - 1998) de Arthur Omar na 24ª Bienal (1998) ©Gal Oppido
24BSP_ALBUM_00028.jpg
Obras de Van Gogh no Núcleo Histórico da 24ª Bienal (1998) ©Gal Oppido
24BSP_ALBUM_00032.jpg
Ao fundo, They give evidence [Eles dão prova] (1997) de Dadan Christanto na 24ª Bienal (1998) ©Gal Oppido
24BSP_ALBUM_00040.jpg
Dangerous relationship (touch me) - [Relação Perigosa (toque-me)] (1998) de Choig Jeong Hwa na 24ª Bienal (1998) ©Gal Oppido
24BSP_ALBUM_00021.jpg
Tiradentes esquartejado (1893) de Pedro Américo na 24ª Bienal (1998) ©Gal Oppido
24BSP_ALBUM_00036.jpg
À esquerda: Colagem (1998) de Arnaldo Antunes. À direita: No país da língua grande (1998) de Lenora de Barros na 24ª Bienal (1998) ©Gal Oppido